Frozen 2 Uma aventura Congelante

Frozen 2 Uma aventura congelante

Quase finalizando o dia (quando terminar de escrever isto certamente estarei no dia 09/01/2020) Então, fui assistir a Frozen 2 e gostaria de contar para vocês, como foi. Teria um vocês?

Primeiramente minha cidade tem uns 70 mil habitantes é a Capital do Papel, assim descrevem ela, por ter uma grande indústria cujo qual trabalho.
Estava de folga e tinha comprado o ingresso para assistir Frozen 2 e você pode estar se sentindo motivado a ler para saber como foi. Por certo contarei, todavia vou narrar um pouquinho o meu cotidiano, logo é uma crônica, tenha paciência que poderá até rolar um spoiler se você se comportar bem aí? Leitor querido.

Meu dia iniciou indo na dermatologista, estou um pouco paranoico com a queda de cabelo, tinha comprado por conta o tal de minoxidil, vi na farmácia que existe a opção de compra-lo com receita (receita para mim, significa que terei 50 porcento de desconto no plano),
Minoxidis a parte, na academia a tarde malhei o tão chato deltoide. Trapézio, tipo. Elevação lateral, levantamento arnod, crucifixo inverso, remada alta, e o encolhimento, para finalizar. Extensão e agachamento. Finalizado mesmo depois da sessão de abd. Minha boa e pacata vida, faço isto no mínimo 4 vezes por semana e demanda uma hora da minha vida.
Preciosa hora, exercícios físicos são algo mecânico em frente ao espelho. É como se fosse uma terapia que faço. Penso assim e torno o ritual mecânico sem pretensões.

Chegou o momento de ir ao cinema assistir Frozen 2


 Aquela correria básica, seria as 18:40 horas o filme. Você ai do outro lado perguntaria qual seria a motivação para um marmanjo quase careca querer ir assistir um filme de mocinhas.


Fomos o trio, parada dura. Eu minha esposa e a Thau.
Comprei um balde de pipoca com a figura do filme e paguei 20 reais.
Ao adentrar no recinto senti algo bastante interessante. Parecia um clube da Luluzinha. tipo um 70% de meninas de 3 aos 9 anos.
Colocamos o óculos e começamos a assistir.
O filme pareceu-me mais musical, e gostei achei-o bem agradável com a (premissa) entretenimento bem estipulada.
É odioso assistir filme cult cheio de mimimi só para ganhar prêmios. O bom é ver um bom filme no cinema. Ainda mais com crianças.
Passa-se 6 anos dês de que acabou o primeiro evento. Tudo é maravilhosamente bem naquele reino. (parecia no início um episódio de princesinha Sophia).
Até que a Elza começa escutar vozes na sua cabeça, afinal outro não escutavam.
E sai do quarto onde dormia para a música principal do filme.
Minha intuição.

O filme agora explora o passado dos pais de Elza. A tal voz leva a turma para a Floresta. 

Preciso te dizer que o Olaf foi a grande salvação da pátria. Não sei se foi a dublagem de Bonfa, só sei que todo mundo dava altas risadas na sessão. As tiradas dele tirando com situações foi o máximo!
Uma parte ele disse assim: (pense cult...)
Você sabia que o ser humano pisca duas milhões de vezes por dia. (Achei meio exagerado) 
Outra parte me fez pensar. Citaram um escritor dinamarquês. Boiei total nesta parte afinal o filme é em um mundo fictício.
Voltando ao enredo. Existem elementos neste filme.
Fogo, vento, água, gelo e terra.
São explorados nestes aspectos. Não vou contar mais, para você ir assistir. Tanto porque o forte do filme é a magia de assisti-lo.
Com certeza não será um boom tal qual foi Frozen 1, mas eu saio satisfeito da sessão e a pipoca estava ótima. 
No final tiramos fotos nos banner e voltamos para a casa. Precisava deixar registrado este momento.
O filme pareceu-me mais adulto, no primeiro filme Elza se sentia aprisionada ao poder ao segredo, era uma mensagem oculta para a liberdade.
Este não sei dizer bem a mensagem que passa. Pelo título da música chefe. Minha intuição, diz me que precisamos seguir e encarar nossos medos. Entrar numa floresta sombria e tirar proveito dela, traz a mim esta  mensagem. Fui!!!!!!!!!!!! finalizei o texto 09/01/2020 as 00:20 amanhã reviso...

Nenhum comentário:

Recentes aqui no Blog

Pesquisar este blog