Contos Waldryano

Tangerina

Sinto o gosto
Na minha boca

É você
Esta coisa louca

Simplesmente suculenta
Um beijo molhado

Gostoso de beijar
Queria que este momento
Parasse no tempo

Para eu simplesmente
Degustar

Amar?
Compartilhar?
Este amor eternizar?

Desejo
Eterno desejo

Te quero por inteiro
Não somente uma parte

Você foge
Se esconde

Entendes?
Eu sou teu homem?

Te desejo
Neste beijo
Te mostro
Meu sabor
Meu amor

És minha
Somente minha
Minha tangerina.

Recentes aqui no Blog

Pesquisar este blog