Contos Waldryano

Contos Lucas José

Siga as regras!


Conto baseado no clipe New Rules Dua Lipa



Em frente ao Espelho Dua esta revisando seu novo objetivo para o agir daqui em diante, ela olha para Lipa e começa o bate Papo.


Antes disto...

— Filha, não vai se atrasar de novo, o café já esta na mesa, e a vida tem que continuar.
Embaixo, provavelmente com a roupa molhada, de tanta louça que eu nunca ajudo a lavar, esta a minha mãe, aquela que se intromete em tudo, e com certeza já sabe do que anda rolando aqui comigo...

— Não é Lipa? Preciso ditar novas regras amiga, não posso, cair nos mesmos erros.
— O quê?
Eu não preciso dele, eu posso viver sem ele, ele foi somente um acidente de percurso.
— O que eu vou fazer? Falava com ela enquanto caprichava na maquiagem, não precisava parecer destruída por fora, por dentro, só eu sei como estou, mas por fora, Querida Lipa? Ninguém precisa saber não.
O batom seria roxo, tava pra guerra, e o rimel do olho, preto e bem gatuno f#@! O mundo hoje estou pra guerra!
— Regras querida Lipa a Dua aqui vai seguir regrinhas básica.

— Vem logo filha, eu não quero mais uma vez ter que escutar daquele inspetor chato da tua escola.
— Calma mãe, estou só na catança das minhas anotações pra prova. Que prova o que Lipa, aqui estão as regrinhas de agora em diante.




1-

— Não atendo este celular, nem sobre tortura, e considere-se bloqueado.






2-

— Vou ser forte, e de agora em diante, sento no canto inverso dele na sala, chega, cansei, parou... E nada de olhar pra aquele crush.






3-

— Nem pra amigo me serve, aquela tentação, pois sei que eu sou uma boba, e quando vejo já estou entrelaçado aos seus braços, sou tosca mesmo. Preciso de regras, pois a reincidência ta sendo minha rotina.





Pego a Lipa, e coloco na bolsa, não precisa ninguém saber que tenho uma unicornia de pelúcia, que peço conselho pra ela não é?


— Lipa, você é a minha companheirinha hoje, fica aí bem expremida pois preciso de você pois a guerra será difícil hoje.
— Filha que horror, esta maquiagem não tá muito trash pra ir na escola de manhã?
— Mãe ou é essa roupa essa maquiagem, esta roupa, ou never escola e
pronto...

A mãe olhou pra mim, ficou estática, sabia bem o que se passava, eu sou tosca mesmo e sempre acabo contando pra ela, esta deveria de ser a regra 4 — Mãe é inimiga, não conta nada pra ela.
Sentada no banco de trás, coloco a minha cantora favorita no meu iphone, precisava estravasar, era o ó ficar de ressaca por conta de uma vadiazinha qualquer.



You say you're sorry, but it's too late now

So save it, get gone, shut up
'Cause if you think I care about you now
Well, boy, I don't give a fuck




Minha mãe, a tosca da vez, tira da minha transe, e fala... Cala a boca, investi horrores em inglês contigo, e você com este inglês horrendo... Acabou comigo...
— Ah, mãe, para de ser chata, bored...






1. —  Regra number 1 quebrada, os tiquinhos ficaram azuis, aí que raiva!

Chegando na escola de cara minha Best friend, ficou azul de me ver exageradamente maquiada e com aquela calça rasgada.
— Hi Morticia Adans bem vindo a vida!
— Fica na tua, que hoje estou pra guerra!
— E para o teu governo, sento no lado inverso da sala, por motivos óbvios!
Sentei, mas desta vez, foi aquele cachorrinho, que quebrou a regra number





2. —  Não olhe pra trás sua cretina, ele esta bem ali a espreita pronto para dar o bote...

A minha amiga, sabendo que tava rolando um climão quis logo tirar uma má impressão. Falou bem baixinho, — Calma amiga, aquela lá era só a prima dele.
Eu peguei o lápis, e quebrei escrevendo, ela viu, a professora, viu a sala viu, tava pra guerra e pronto.
— Não me fale de mosquitos insetos, nada do tipo, pois este tipo de seres vivos são desprezíveis sem vida, tais como este lápis.
Um engraçadinho disse: — Íh esta famosa TPM, atacando de novo.
Olhei para ele com olhar, mortífero, estava tensa, e precisava urgentemente estravasar. Calei no ato o abusdo.
Fui para o banheiro, lavei o rosto e retoquei a maquiagem, olhei pra Lipa, tava quietinha na bolsa.
— Amiga. Preciso seguir as regras, e só falta a regra três pra ser quebrada. — Meu Deus como sou tosca, preciso controlar meus sentimentos.
E quando saio da porta do Banheiro, quem eu vejo???? Já era esta merda de regras.... tava tensa, já era....




Nenhum comentário:

Recentes aqui no Blog

Pesquisar este blog