Contos Waldryano

Por quê eu sou poesia

Ao longo da vida, a gente sonha se frusta tem resquícios de felicidade e tristeza.
Nasce, cresce,e neste processo emite poesia, que é a arte que emana dos nossos sentimentos. Cada dia poderia ser descrito como uma poesia. Porém, nem sempre captamos este brilhante momento que é viver. Simplesmente vivemos sem registrar em lugar algum o momento. Quando surge ao acaso isto, o momento escrito em linhas e palavras. Chamo de Prosa poética. Ou simplesmente poema. Com rima sem rima, inspirado ou não. 
Poemas do Wal é meu diário eu-lírico de inspiração.

Recentes aqui no Blog

Pesquisar este blog