Lágrima e saudade



O que dizer da saudade
Saudade não se diz, se sente
Uma doce lembrança presente
Sempre da pessoa ausente
Saudade fere o peito da gente
Quando o olhar distante
Alheio a própria realidade
Fala chorando do amor que sente
Uma euforia potente
Um delírio que vem
De estar apaixonado
Uma gota que cai
Escorre na face
No silêncio uma alma grita...
Uma lágrima só
Outra vem...que dó
Mil vezes saudades
A estória desse amor
Nem cabe neste olhar
Tão triste chorando
Lágrima rolando pelo ar
Apenas paixão, ou será a vontade de amar?
Mas o amor é paz, é alegria e inebria
Como faz falta a tua companhia
Saudade... Mais uma lágrima cai
Saudade chora no ar
Dizendo bem baixinho
Logo, logo o amor vai voltar
Pra novamente a gente se amar.

Autor; Waldryano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sombra do onipotente habite nos seus caminhos...

Postagem em destaque

E se

E se algum ente querido tivesse morrido? E se um tapa na cara fosse o fim de um romance? E se o meu cachorrinho tive...