Contos Waldryano

Avatar

Te conheci avatar
Desconfiava de quem eras

E descobri os seus segredos

Desconfiava

E como...

Palavras, gestos e desenvolvimento

Um PhD em ilusão

E precisava ser tão oculto assim desenvolvedor?

De ilusão
De esquecimento

Entendeu o meu lamento?

Seria eu também um avatar?

Nunca saberá
O IP da minha alma me pertence

O que vê
É apenas uma figurinha mal editada

De um ser que te ama

Fantasias, contos de fada

Tudo se guarda
Atrás de um avatar indecifrável

Ou seria decifrado
Ei

Espera eu também sou um avatar
Em outro espaço,
Outra dimensão
Que são redes sociais

Redes
Que nos une

Mas também nos esconde

Te peguei!

Já sei quem é este AVATAR

Nenhum comentário:

Recentes aqui no Blog

Pesquisar este blog