Contos Waldryano

Contos Lucas

Fim do Vídeo Show


Na vida é assim, a gente nasce, cresce, reproduz e morre.
E assim aconteceu com o Vídeo Show que anunciou seu fim.
Tudo fruto de um jornalismo venenoso e apelativo da concorrência?
Tudo fruto da mente abitolada deste povinho que morre no Instagram querendo ver fofoca e se esfolando todo quando um novo barraco acontece?
A ideia do Vídeo Show até que era legal, ser um making of da Globo.
Mas o povo não gosta mais disto, o povo tem N opções de entreter-se. E a Globo disputa nas noites das casas dos brasileiros, ou pelo celular fuçando a vida alheia, ou nos streamings tipo Netflix que é  nova TV a cabo do povo, todo mundo imediatista, sem comercial sem lero lero somente conteúdo.

Exibido desde março de 1983, o programa está saindo da grade da emissora após seguidas tentativas de reerguer sua audiência e derrotas para a concorrente Record.

Eu acompanhava os desdobramentos da Globo de tentar salvar o Vídeo Show, é Bbbs entrando e saindo é ex-pânicos entrando.
Era um desgaste assustador.
Quem quer que entre neste horariozinho vai sofrer pelo populismo excêntrico da Record que já se consolidou nos bandejões alheios, e nos consultórios por aí.
A Globo poderia tentar colocar o Vídeo Show só no sábado? Seria um enorme gasto para pouco retorno.
Foram vários micos este Vídeo show nada conseguiria salvá-lo.
A falta de foco tendo várias atrações. Era ex-pânicos, eram youtubers (repetindo exatamente o que se vê no canal deles em qualquer horário) e Era a ex- Rebelde Sophia tentando de todos os modos mostrar o maior sorriso e administrar um caos instaurado.

Foi um grande Baque e um mundo veio de desempregados a busca de uma novela de uma ponta de alguma coisa urgentemente.

O futuro se desenha com Fernanda Gentil e o Porchat tentando corrigir tudo e tirar o climão: — Morre um programa da grade.


Se até o programa do Jô foi exterminado da Globo o que é um Vídeo ShoW?

Mas manter um programa é algo dinâmico, precisa se reinventar com frequência, e ter um bom nome para se identificar, aí sim foi o grande erro do Vídeo Show, nunca era possível associar o programa a um apresentador, os programas precisam disto, aquela coisa de rodízio de dividir bancada. Caga com todo o resto, olhem em volta e vejam programas do mesmo molde? CQC, Pânico, são os Vídeos Shows de ontem.
E tanta informação sem nexo? Outro ponto a se considerar para o seu fracasso.

Globo, Globo, o que fazer com tanto populismo? pois vão ter que convencer os telespectadores em ficar na Globo, depois do Jornal H? O que fazer? Lá no outro lado carcam fofoca e risadas desconcertantes, trabalham com a vida alheia como se fosse a coisa mais importante do mundo.
E o povinho faz disto o seu passa tempo favorito: Especular. Não quer nada permitido, quer fofoca mesmo. 

Socorro, estamos todos abitolados, Vídeo Show até logo.

Blog do Wal

Nenhum comentário:

Translate