Contos Waldryano

Contos Lucas

O Céu é de Verdade

Olá a todos;

Nesta semana de natal de 2018 assisti este filme, no Netflix : O céu é de Verdade. Confesso que já há tempos tinha curiosidade sobre este filme.
Sou assembleiano, logo, vi nas revistas de EBD falando sobre o livro. E então vi que existia o filme.
Um pastor, tem um filho que passa por uma cirurgia, no momento da cirurgia, ele tem uma experiência celestial.

Hoje fui ver no site da CPAD e não encontrei nada falando sobre este filme
fiz uma busca rápida e encontrei o livro das Casas Publicadoras Assembleia de Deus.


Em algum momento do filme faz se referência a: — Espaço tempo; e estudos de Albert Einstein. Aí achei estranheza, o filme em si, conversa com outro filme: Interestelar. 
Confesso que acho que este livro e filme fez algum burburinho no meio teológico, logo aqui o meu registro.
Por conta daquela passagem do filme, que fala do físico famoso.


O filme: O Céu é de Verdade, baseado no livro best-seller que narra a experiência de quase morte de um menino de quatro anos de idade tem atraído muitas pessoas aos cinemas e levantado discussões no meio cristão.
A história conta as visões de Colton Burpo, que quando tinha quatro anos de idade, em 2003, precisou fazer uma cirurgia de emergência para reparar uma perfuração no apêndice. Deitado na maca, o menino viu seu corpo de cima, e seu pai e mãe em salas diferentes.
Na viagem ao céu, Colton diz que sentou no colo de Jesus e conversou com seu bisavô e uma irmã que morreu antes de nascer. A narrativa do menino aos pais os deixou em choque, mas passado o susto inicial, virou livro em 2010 e se tornou um dos mais vendidos do país, com críticas positivas de jornais como The New York Times.
Numa entrevista recente ao portal Uol, Colton afirmou que “o Céu é como a Terra, todo mundo trabalha, todo mundo tem uma função. Só que tudo lá é mais bonito”.
A reafirmação de suas impressões hoje aos 15 anos reforça a convicção do jovem no que ele diz ter visto: “Eu ainda lembro de tudo claramente. Sentei no colo de Jesus, conheci meu bisavô. Eu sei o que vi e o que vivi”.
O pai de Colton, Todd Burpo, é um pastor e afirma que após ouvir os relatos de seu filho, atravessou uma crise de fé: “Eu mesmo duvidei de minha própria fé. Mas ele contou coisas que ninguém sabia, descreveu pessoas e situações com uma riqueza de detalhes que ele não poderia inventar”, frisou.
Colton se mantém firme em acreditar na veracidade de sua experiência e diz que apenas a fé explica as coisas que presenciou: “Acho que ver o que eu vi é para quem acredita em Jesus e em seu amor”, resume.



Blog do Wal 

Nenhum comentário:

Translate