Contos Waldryano

Contos Lucas

Bolsonaro suspeito de corrupção

“Se eu errei, eu arco com a minha responsabilidade perante o Fisco. Sem problema nenhum”, afirmou Jair Bolsonaro (PSL) neste sábado (8) sobre os R$ 24 mil pagos pelo ex-assessor Fabrício José de Queiroz à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro.
O presidente eleito disse que o valor era devolução de parte de uma dívida pessoal de Queiroz, o valor total, diz Bolsonaro, seria de R$ 40 mil, e que o amigo e ex-assessor parlamentar de seu filho Flávio Bolsonaro fez o depósito na conta de Michelle.

Nem chegou a assumir e ja começou o pente fino na vida de Bolsonaro.
Nepotismo é uma prática normal infelizmente. Observamos o nepotismo entre Bolsonaro e filhos.
E também era algo "Normal" nos tempos de parlamentar.
Mas é só Começo.
Bolsonaro comprou briga com a imprensa e eles não vão deixar barato.
A Globo ficará a espreita articulando reportagens.
A folha de São Paulo. Também.
Enfim;
Quando esta lá em cima, todos os olhos e atenções farão o presidente ser alvo de investigação.
É uma caça a um flagrante.
E pra isto, precisa ter um passado integro.
Seis mandatos para ser investigados pelas mídias de oposição.
Empréstimos e enriquecimento ilícito é um prato cheio.
TOMARA que ao menos tome posse. Pois as facadas agora serão investigativas.

Nenhum comentário:

Translate