Kéfera uma feminista? Vergonha Alheia



A Kéfera vestiu sua roupinha mulherzinha, by Fernanda Lima e foi com sua melhor carinha nojentinha fazer carão no Encontro da Fátima Bernardes.

Tipo assim, Feminismo era a Pauta do momento.

"— Opa, vou correr pro Wikipédia e vou usar meu Inglês pra Lacrar!"


Prefiro nem comentar....



Só que não...

Tipo assim, pareceu-me que a lacradora desesperada tomaria o microfone da Fátima pra apresentar o programa, pois ela foi bem deselegante com o: — Com licença qual o seu nome?

Tipo assim? 

Quem pergunta isto é a entrevistadora.

E depois foi a enxurrada de tom de voz ríspido, e comentários que vinham sem ao menos parar pra raciocinar, ou seja, decorados. alguns jargões pra demonstrar culteza (cult a moça? Precisa ficar arrotando tanto conhecimento pra um viu mortal? ) um Show de horrores.

Eu já assisti muito a Kéfera, mas sinceramente, ela se perdeu na curva. Eu achava que ela devia de voltar a ser aquela menininha que falava uns palavrões com aquele sangue no olho lá no youtube.

Se quer falar assunto sério, vai lá aprender com a Tata Werneck: — Com humor e leveza.

Se quer discutir um assunto tão relevante, não cerceie a voz de ninguém, mesmo opositores.

Eita geraçãozinha Mimimi... Até a Fátima ficou sem graça e teve que apagar o fogo e deixar o rapaz murcho quieto e calado na plateia. Claro a Senhorita Lacração ganhou seu momento Vergonha Alheia ...

Blog do Wal

Nenhum comentário: